COMO NÃO ME CONTAMINAR COM A DOR DO OUTRO

Durante o velório do meu tio, eu fui até a minha prima, sua filha, e dei um abraço apertado. Até aquele momento, ela estava tentando ser forte para sua mãe, mas quando nos abraçamos, ela desabou. Seu pranto era tão desesperador e avassalador, que eu senti sua dor aguda. Ali, era como se fôssemos uma só pessoa, compartilhando aquela tristeza - mesmo meu tio não sendo tão próximo a mim. Provavelmente passava filme na cabeça dela, com todos os momentos que ela não teria mais com ele - e eu imaginei seu filme na minha cabeça. Não consegui falar nada a não ser: tá doendo muito, né? Fui totalmente contaminada pela emoção.

Continuar lendo COMO NÃO ME CONTAMINAR COM A DOR DO OUTRO

VOCÊ TEM A SÍNDROME DO IMPOSTOR?

Quando alguém te elogia, você reconhece suas qualidades ou acha que a outra pessoa está exagerando e não te conhece muito bem? Às vezes você se sente uma fraude, como se as pessoas fossem descobrir que você não é aquilo que elas pensam? Você acha que tudo aquilo que você conquistou é fruto do seu esforço ou fruto da sorte, acaso, somente de Deus ou de algum outro fator? Você sofre da síndrome do impostor?

Continuar lendo VOCÊ TEM A SÍNDROME DO IMPOSTOR?

TESTE: QUAL É A SUA LINGUAGEM DO AMOR?

Quando você pensa em comunicação, o que te vem à mente? Talvez expressar seus pensamentos através das palavras? Sim, essa é uma das formas de comunicarmos o que racionalizamos e sentimos - mas não é a única. Segundo Gary Chapman, existem 5 maneiras das pessoas expressarem e compreenderem o amor. O que acontece é que é difícil um casal e uma família terem a mesma linguagem para expressar seu afeto. Quando esses desentendimentos acontecem, é como se a comunicação não cumprisse seu propósito, porque, para a outra pessoa, estamos falando uma língua estranha. Mas calma: assim como somos capazes de aprender idiomas diferentes, podemos aprender a expressar o amor em linguagens diferentes.

Continuar lendo TESTE: QUAL É A SUA LINGUAGEM DO AMOR?

COMO REALIZAR SEUS SONHOS?

Você sabia que apenas 8%* das pessoas que escrevem suas resoluções de Ano Novo conseguem realizá-las? Sim, cerca de 92% das pessoas começa o ano fazendo um monte de planos, que acabam esquecidos ou ficando para o ano seguinte, e para o próximo... bom, eu sei que 2020 está sendo um ano beeeem difícil de fazer planejamentos - pra dizer o mínimo! Mas qual o grande diferencial das pessoas que conseguem realizar seus planos e sonhos, mesmo em épocas de crise? Vou te dar algumas dicas básicas!

Continuar lendo COMO REALIZAR SEUS SONHOS?

A FALTA DE AMOR PRÓPRIO REFLETE NA FALTA DE LIMITES NOS RELACIONAMENTOS

É um ciclo: fico com medo de dizer "NÃO" ou medo de defender minha opinião, porque fico insegura com o que outras pessoas podem pensar de mim, ou de até não me aceitarem. Para evitar brigas e o sentimento de culpa por alguém amado se chatear, eu ignoro minhas vontades e até meus valores, porque "é mais importante ter paz, do que ter razão". Você se identificou com esse discurso ou conhece alguém que age assim? Toda essa insegurança e dificuldade em estabelecer limites em algumas (ou muitas) relações pode indicar uma falta de amor próprio. Mas calma: nunca é tarde para resgatar sua relação consigo mesm@!

Continuar lendo A FALTA DE AMOR PRÓPRIO REFLETE NA FALTA DE LIMITES NOS RELACIONAMENTOS

COMO TER HÁBITOS MAIS SAUDÁVEIS?

"Não consigo controlar o meu impulso de comer doces!" ou "Não consigo praticar exercícios na frequência que eu gostaria" ou "Todo dia digo que vou dormir mais cedo, mas perco a noção do tempo na Internet ou na TV" ou "Queria ter mais tempo para conversar com quem eu amo, mas falta tempo" ou "Eu sinto culpa quando não estou fazendo nada, porque preciso ser produtiv@". Você se identifica com algumas dessas frases? Será que tem jeito de mudar esses hábitos ao invés de acumular resoluções de ano novo frustradas?

Continuar lendo COMO TER HÁBITOS MAIS SAUDÁVEIS?