Primeira Fase da Jornada Mídiamor

Você está prestes a começar a nossa Jornada Mídiamor. Entendemos que as emoções são fundamentais para começarmos a nossa Jornada com o pé direito, se a gente aprender a sintonizar na frequência certa! Vamos juntos?

Obs: Você pode acessar a Jornada do seu computador ou do seu celular – recomendamos a visualização no computador, que é mais confortável… mas faça como funcionar para você! 🙂

DESAFIO 1: Nomeando as suas emoções

Como começar? Enquanto você caminha nessa jornada (deslizando seu cursor nessa página…), você terá acesso a vários conteúdos que vão te explicar exatamente o que fazer em cada desafio: artes do desafio, vídeos explicativos e esse textinho que vos fala! Ah, além de várias referências para cada desafio!

O seu primeiro desafio é: nomear as suas emoções! Pra te ajudar, a gente deixou listadinho o nome das emoções nas artes desse desafio. Ah, e que tal separar um caderninho, para você começar a perceber e anotar suas emoções? 

Esse é um desafio que você pode adotar na sua rotina diária! 

E aí, você já conhecia as emoções básicas? E dessas 27 emoções, alguma delas te surpreendeu?

O que são emoções? Existe um universo emocional completamente ligado à nossa razão, que pode te surpreender! A Paula te explica melhor nesse vídeo.

Olha só algumas dicas e reflexões para você compreender ainda mais as suas emoções:

Você já assistiu o Filme Divertidamente? Tem no Netflix Brasil e se encaixa perfeitamente no nosso tema da Fase 1. Sabe aqueles filmes geniais da Pixar que “é pra criança” mas, na real, é pra adulto? Pois é! Tem umas sacadas incríveis, que vale a pena conferir. ❤

Para descontrair, reflita com a Giulia nesse vídeo mais divertido do que BBB: qual emoção você gostaria de elimar nos próximos dias da nossa jornada?

Razão é melhor do que emoção?

Qual é a desse mito de que as emoções são inimigas do nosso racional? Pelo contrário! As emoções, se soubermos reconhecê-las, servem como guias estratégicos para a tomada de decisões. Elas são o termômetro de como interpretamos as informações que chegam até nós, como interagimos no meio onde estamos e qual o próximo passo a ser dado. Sim, elas regem as nossas ações! 

Acredite, muitos já tentaram, mas não dá para viver sem sentir. Isso já vem incluído no combo quando a gente chega nesse mundão…

Por isso, estamos entendendo as emoções na nossa jornada, para usá-las a nosso favor. Você escolhe: quer aprender a fazer gestão dos seus sentimentos ou vai se permitir ser controlad@ pelo o que sente?

Conta pra gente: o que você achou desse desafio?

DESAFIO 2: Qualificando suas emoções

Você sabe classificar a qualidade das suas emoções?

Falando em nome de TODAS as classes de emoções, verde, azul, amarela ou vermelha: não existem emoções boas ou ruins. Verdade verdadeira! Existem emoções agradáveis ou desagradáveis de sentir, de alta ou baixa energia (nosso medidor de emoções à sua esquerda). Percebê-las te ajuda a ter mais inteligência emocional.

A Paula te explica melhor o que são as emoções e como usar o medidor que a gente fez especialmente para a Jornada. Ah, no vídeo abaixo do medidor, Giulia e Paula encontraram um jeito divertido para você aprender qualificar suas emoções!

Você consegue perceber exatamente como as emoções te fazem sentir? Por que a energia das emoções é tão importante para direcionar nossas ações?

Nosso combo: dica + reflexão para você mergulhar cada vez mais nas suas emoções:

Podcast “Café Da Manhã”, da Folha. Já escutaram? Eles abordam o momento atual com conversas sinceras e diálogos baseados em vários dados, além de positividade e bom humor.

O episódio “O Melhor Que Podemos Fazer Diante Dessa Crise” tá demais – vale super a pena!

Não confunda emoção com humor, tendência emocional ou característica de personalidade. Emoção são reações rápidas e curtas, espontâneas, desencadeadas por pensamentos e importantes para atingir objetivos. Emoções não definem quem você é! Mas é importante estar alerta: um conjunto de emoções de baixo nível e qualidade pode sim indicar e apontar para tendências não tão saudáveis, e vice-versa.

Conta pra gente: o que você achou desse desafio?

DESAFIO 3: Sentindo as emoções no corpo

Esse desafio está RECHEADO de informações sobre o que as emoções fazem no nosso corpitcho! Palpitações, suor, tremor, até mesmo dores… as emoções, dependendo de sua qualidade e nível, nos causam consequências físicas. Mente sã > corpo são. Tá tudo interligado! 

Sintoniza com a Paula no vídeo, que essa miniaula vai ser interativa. Já percebeu o poder das emoções? Dos batimentos do coração até o sistema imunológico, tudo muda conforme o que a gente sente.

Ah! Olha só esse mapa da energia das emoções abaixo do desafio, criado por cientistas finlandeses.  Podemos ver as regiões que são mais ativadas (cores quentes) ou menos ativadas (cores frias), dependendo das emoções que sentimos.

Respira fundo para sentir juntinho o poder das emoções no seu corpo!

Para se aprofundar ainda mais nesse desafio:

Em menos de 15 minutos você assiste essa aula sobre a história das emoções humanas (“The History of Human Emotions“). A historiadora Tiffany Watt Smith conta que as palavras que nós usamos para descrever nossas emoções afetam como nós nos sentimos. Ela ainda adiciona “surpresa” às outras cinco emoções fundamentais do ser humano.

Vamos sair da primeira fase todos phD em emoções ou não? 😛

OBSERVE SEU PROCESSO DE REAÇÃO! Quando um evento ou informação chega até você, isso desperta uma emoção, um pensamento. Nesse espaço de tempo, se soubermos identificar e lidar com nossas emoções, podemos controlar e escolher nossa reação.

Já pensou quantos conflitos podiam ser evitados se todos praticassem esse autocontrole?

Conta pra gente: o que você achou desse desafio?

DESAFIO 4: Mapeando os pensamentos

Ao sentir uma emoção, você sabe dizer ao que ela está conectada? O que causou aquela emoção? Nesse desafio, vamos exercitar como podemos ficar mais atent@s ao que estamos sentindo, vinculando à causa disso. Se liga no exemplo da imagem abaixo do desafio, para entender melhor como as emoções estão diretamente relacionadas ao que acreditamos. Diante da mesma situação, duas pessoas podem sentir e reagir de maneiras totalmente diferentes!

A Paula te pergunta no vídeo explicativo: Quais pensamentos estão por trás dos seus sentimentos? Quais crenças que você tá alimentando aí?

Cuidado com os monstrinhos da sua cabeça: eles vão crescer se você os alimentar…

Tá com medo? Feliz? Triste? O que você está pensando?

Reflexões super importantes para esse desafio:

É a vez da Giulia te fazer refletir: qual o Peso De Experiências Negativas x Positivas?

Resumindo:
• temos a tendência de guardar e lembrar mais de experiências relacionadas a emoções “negativas”
• essa tendência tem fundamentos psicológicos e fisiológicos do ser humano
• 1 feedback negativo tem o mesmo impacto que 5 feedbacks positivos

Entendendo isso, podemos:
• conscientemente dar mais valor e lembrar mais de momentos relacionados a emoções positivas
• chamar mais atenção ao que vemos de positivo nas pessoas! gentileza gera gentileza.
• FAÇA SUA CAIXINHA DE MEMÓRIAS POSITIVAS 🙂

Lá atrás o Van Gogh já dizia o que queremos demonstrar aqui na Fase 1… se nós não soubermos identificar as emoções, elas podem sim tomar conta da gente, e sem perceber, começamos a nos identificar com elas.

Qual emoção você já deixou que te dominasse e só depois percebeu que estava sob seu controle?

Que tal anotar e refletir mais a respeito? 

Conta pra gente: o que você achou desse desafio?

DESAFIO 5: Observando as expressões

Aquela virada de olho quando foi contrariado… QUEM NUNCA?! No Desafio 5 vamos ficar alertas às expressões faciais que fazemos ao sentir determinadas emoções. É muito comum ouvir as pessoas dizendo “nossa, nem percebo que faço essa cara quando isso acontece”. 

A nossa linguagem facial e corporal pode mudar totalmente a interpretação dos outros sobre o que estamos falando ou como estamos reagindo. Ficar atento a isso, nos ajuda a fazer uma gestão melhor das nossas emoções e também a interagir melhor com os outros.

No vídeo, a Paula explica que algumas dessas expressões são até universais. Depois dessa sessão caretas, ela foi ali passar creme anti-rugas e volta para o próximo desafio!

Você consegue perceber como alguém está se sentindo pelas reações faciais e corporais dessa pessoa?

Bora colocar a cabeça e o coração para funcionarem juntos?

Você é papel toalha, amplificador ou alquimista?

Todos temos o poder de transformar nossa realidade e nosso ambiente. Na cadeia de ação e reação, quem é você? Apenas um transmissor da mensagem? Um amplificador de conflitos? Ou um alquimista de emoções que regenera o ambiente?

Giulia te explica a importância de ser um alquimista nas suas interações.

Não adianta não, a gente tende a achar que o sorriso pode disfarçar uma emoção – mas elas TRANSBORDAM por toda a nossa linguagem corporal. Olhos, pálpebras, sobrancelhas, ombros, postura como um todo: esse desafio te propõe a ficar consciente das suas expressões faciais ao sentir uma emoção!

Tá fácil? Perceba também qual a emoção que outras pessoas te fazem sentir! 🙂

Conta pra gente: o que você achou desse desafio?

DESAFIO 6: Por hoje, NÃO reclame

Parece simples, mas não é NADA fácil! Porque será que temos essa tendência natural de resistir, de reclamar? Desde pensamentos, até realmente verbalizar uma reclamação, passe UM dia sem reclamar! De nada! Se acontecer, anota, e percebe que emoção aquilo te gerou. 

Ah, e assiste a reflexão do vídeo para você entender porque é tão importante cortar esse hábito de reclamar…

Se achar que é válido fazer um voto de silêncio para o desafio de hoje, #tamojunto… Mas a gente te dá outra sugestão de receita, beeeem estilo Bela Gil: que tal substituir um hábito ruim por um hábito bom? Você pode trocar uma reclamação por uma gratidão, por exemplo! 🙂

Acredite: vai valer a pena.

Um hábito tãooo natural, que a gente não percebe: reclamamos MUITO! Duvida? Tenta não reclamar só por hoje! Eu te garanto, você vai fazer um bem enorme pra sua saúde e para dos outros também! 

Dicas que valem OURO:

Sabia que exercitar a presença diminui seu nível de insatisfação e desconforto, consequentemente diminuindo nossas reclamações?
Quando nosso foco está no agora, não há tanta digestão de fatos passados ou ansiedade com o que o futuro trará. Estamos aqui, agora, e somos suficientes.

REPITA ESSAS FRASES PRA VOCÊ HOJE ❤

Dica de livro: Como Ser Feliz (ou, no mínimo, menos triste) de Lee Crutchley.

Um livro que tem tudo a ver com a nossa Fase 1, e te faz expressar e pôr pra fora sentimentos e emoções, te ajudando a se compreender. 

Conta pra gente: o que você achou desse desafio?

DESAFIO 7: Ressignificar pensamentos

Hoje vamos colocar as emoções no papel e ressignificá-las!

Tem dias que a gente pensa “estou pra baixo”… mas o que exatamente isso realmente significa? Primeiro, nesse ponto da jornada, você já entendeu a importância de falar suas emoções: você está triste? Cansad@? Com medo? Se sentir dificuldade, volte algumas casas lá no Desafio 1! 😉

Segundo passo: qual a necessidade que traduz esse pensamento? Talvez seja “sinto falta da interação social com pessoas queridas”. Ou, talvez, você se sinta bem, calmo, e isso pode ser ressignificado como: “finalmente consegui uma margem de tempo pra pôr um hobby em prática”. Agora vai que é sua vez! Assista o vídeo e boa ressignificação!

O desafio de hoje pode ter um poder de cura muito bonito pra você e faz parte de uma das ferramentas da inteligência emocional. Respira fundo e RESSIGNIFICA 🖤

Respira e se inspira:

Nos últimos 25 anos, a professora de psicologia Lisa Feldman Barrett mapeou expressões faciais, examinou cérebros e analisou centenas de estudos em fisiologia para entender o que realmente são as emoções. Lisa compartilha os resultados dessa pesquisa e explica que temos mais controle sobre nossas emoções do que pensamos.

Traduzindo Aristóteles lá atrás: as emoções são AMIGAS 💜 Se soubermos direcioná-las da maneira certa. Ressignificando no desafio 7 de hoje, você descobriu algo novo sobre você mesm@? 

Conta pra gente: o que você achou desse desafio?

DESAFIO 8: Poste uma foto com alguém e se declare!

Escolha uma rede social e poste uma foto com alguém querido, deixando claro a emoção que essa pessoa traz, tá?

Se não se sentir confortável, escreva para alguém e fale como alguém te fez sentir.

Vamos lembrar as pessoas como elas são amadas e todos os sentimentos maravilhosos que elas são capazes de nos despertar.

Afinal, como diz o princípio do Mídiamor: o sentido dessa vida são as conexões que fazemos. Elas nos ensinam um montão sobre as nossas emoções! 

E para fechar essa reflexão sobre a gestão das nossas emoções, Paula te faz refletir no vídeo: você guarda seus sentimentos em caixinhas ou os deixa fluir como um rio?

Uma mensagem extra, além do desafio de hoje: que tal abraçar tudo o que você sente? 

Doses extras de conhecimento:

Tá aqui a nossa tradução da Roda das Emoções de Robert Plutchik (não foi feita no Paint, ok?! rs). Nesse esquema super interessante, vemos as emoções principais na roda intermediária. No centro da roda, vemos o ápice de cada emoção, o que elas se tornam se exageradas. Já na última, de cores mais amenas, vemos o que essas emoções podem se tornar na nossa rotina se não fizemos o esforço de curá-las e compreendê-las. Mas sabe o que achamos mais interessante? O sentimento que é a MISTURA de cada emoção. Por exemplo, como a alegria e confiança resultam em AMOR. O que você achou?

dia8

O que vem primeiro: o ovo, ou a galinha? 

Nossas emoções ou nossas morais? Desde pequenos, aprendemos os valores que guiam nossas morais e aprendemos a relacioná-los às nossas emoções. à medida que crescemos, as situações nos despertam emoções automaticamente, a partir desse banco de dados que criamos: diante de uma injustiça, imediatamente ficamos bravos, ou diante de algo que consideramos impuro, sentimos nojo automaticamente. Por isso, as emoções falam muito sobre o nosso senso moral!

Conta pra gente: o que você achou desse desafio?

DESAFIO 9: Meditação para compreender as emoções

Nosso desafio 9 é uma MEDITAÇÃO pra fechar a Fase 1 com chave de ouro! 🔑

“Mas não sei meditar”, “isso não é para mim”, “não consigo”… bom, então hoje é o dia para você tentar! Por que é importante? Para você aprender a ficar mais presente e tomar mais consciência das emoções. 

No vídeo, a Paula te conduz a uma meditação guiada para facilitar o processo. Sente-se em um lugar confortável e respire proooofundamente!

AHMMMMMMMM… inspira, expira e não pira! Só sente e fique presente. Okaaay, me empolguei em rimar! É que nessa meditação guiada eu quero muito que você consiga relaxar 😛

Respira e se inspira:

Lembrem-se: tudo é passageiro. Nossas emoções e os eventos da vida. Estamos hoje falando de MEDITAÇÃO – então não perde a Monja Coen no YouTube explicando, em um vídeo curto, o que é meditar. Busque o vídeo: “O que realmente é meditar? Como a mente humana funciona?” – com certeza vai te agregar na prática 🙏

Um lembrete pra presença. Fique aqui, agora. Quais pensamentos estão vagando pela sua cabeça hoje? Como eles te fazem sentir? Estamos concluindo a Fase 1. Você se sente mais consciente das suas emoções? 

Conta pra gente: o que você achou desse desafio?

O que já caminhamos na nossa Jornada:
Criando + conexão 20%